Diferença positiva em dia especial fora e em casa

Diferença positiva em dia especial fora e em casa

Hoje celebra-se mais um Dia Internacional das Pessoas com Deficiência e é dia também do Dançando com a Diferença, um dos projectos a nível nacional que mais tem pugnado pelo reconhecimento do valor das pessoas com necessidades especiais. Apresenta-se em Odivelas, (distrito de Lisboa) e no Funchal.

O grupo madeirense que promove a inclusão através da dança sobre dois palcos nesta segunda-feira com o mesmo excerto da coreografia "Endless". Primeiro será no continente, numa cerimónia com a presença do Presidente da República, do ministerio do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e de cinco secretários de Estado. Depois no Funchal, onde tudo começou.

 "Endless" é uma criação de Henrique Amoedo, director artístico do grupo. Estreada em 2012, parte do Holocausto e pretende ser uma espécie de alerta para que este atentado não se repita. "Endless é um espectáculo onde a dança, a música e o vídeo interagem questionando a condição humana", apresenta a companhia. "O seu principal foco está no Holocausto vivido durante II Guerra Mundial, não com uma prespectiva ou abordagem histórica, mas como uma obra artística que alerta para  a importância de rever o passado, fazer as suas ligações com o presente, para que - se possível - se tenha um olhar atento para o que queremos para o nosso futuro", escreveu o coreógrafo.

Parte da coeografia será apresentada no âmbito do dia de actividades promovido pelo Governo da República, através do Instituto Nacional para a Reabilitação em parceria com a Câmara Municipal de Odivelas. As actividades decorre no Pavilhão Multiusos de Odivelas e além de actuação do grupo madeirense, logo pelas 10h30, após a abertura oficial, o programa inclui debates, actuações de outros grupos de dança e de música, exposições e entrega de prémios. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, e os secretários de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, do Turismo, Ana Mendes Godinho, dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, da Educação, João Costa, e do Emprego, Miguel Cabrita, participam activamente com intervenções.

Na Madeira, o Dançando com a Diferença, através da associação que o repesenta, a Associação dos Amigos da Arte Inclusiva - Dançando com a Diferença, estará presente pelas 10h30 na cerimónia de assinatura dos protocolos de colaboração com várias entidades que trabalham na área do apoio à pessoa com deficiência. É uma das entidades contempladas com estes apoios do Governo Regional. Depois à tarde, vai subir ao palco no encerramento de um dia de actividades promovido pela Secretaria Regional de Educação | Direcção Regional de Educação, com a apresentação do mesmo excerto de "Endless" no centro comercial La Vie, às 16h45. A apresentação é de entrada livre. Todo o programa regional das comemorações pode ser visto na última página.

 

Endless em Viseu

O espectáculo "Endless" na íntegra será apresentado na próxima sexta-feira e sábado no Teatro Viriato pelo Dançando com a Diferença - Viseu, uma extensão do projecto madeirense, criado numa parceria entre o Conselho Local de Acção Social - Viseu, o Dançando com a Diferença e o Teatro Viriato. Lá, à semelhança do trabalho realizado na Madeira, o grupo desenvolve actividades com um elenco de pessoas com e sem deficiência, institucionalizadas. Em Viseu são 40, sob a direcção de Ricardo Meireles.

Autor: Paula Henriques

Fonte: Diário de Notícias da Madeira